• Imagem do ppgecea da uefs

Saneamento Ambiental

Linha: Saneamento Ambiental
           
A Linha de Pesquisa intitula-se Gestão e Tecnologias Apropriadas ao Saneamento Ambiental. O objetivo geral é pesquisar processos de gestão de sistemas de saneamento ambiental e o desenvolvimento de tecnologias apropriadas relacionadas ao tratamento de água residuária e aquelas relacionadas aos resíduos sólidos, com perspectiva de minimização dos seus impactos no meio ambiente e na saúde pública. Neste sentido, pretende-se implantar ações voltadas para a pesquisa na gestão tecnológica dos resíduos sólidos e líquidos no ambiente em que são
gerados, bem como no seu reaproveitamento (reutilização e reciclagem) e disposição final por meio do desenvolvimento e aprimoramento de tecnologias apropriadas, associadas à realidade local.

Os trabalhos a serem desenvolvidos tratarão da caracterização física, química e biológica dos resíduos e de risco ambiental da disposição inadequada bem como a proposição de tecnologias para gestão incluindo também a Educação Ambiental.

Os três eixos temáticos fazem uma abordagem interdisciplinar buscando capacitar os alunos em questões fundamentais para promoção do desenvolvimento sustentável. Esses eixos estão assim definidos:

1 - Tecnologias de Tratamento em Resíduos Sólidos - Os trabalhos de pesquisa desenvolvidos neste eixo temático tratam de investigar sobre a quantidade de resíduos sólidos e domésticos gerados, considerando suas disposições espaciais e temporais, e desenvolver estratégias de atuação no sentido de minimizar seus efeitos. Para tal propósito, os estudos envolvem monitoramento das quantidades e características dos resíduos, e avaliação dos riscos envolvidos em seu uso, transporte e disposição.  São investigados processos físicos e físico-químicos envolvidos no tratamento desses resíduos sólidos, bem como processos químicos e biológicos sempre com enfoque em desenvolver tecnologias eficientes para o sistema de tratamento.

2 - Tecnologias Apropriadas em Saneamento Ambiental - Desenvolvem-se estudos desde a determinação da composição de águas residuárias ricas em material orgânico, nutrientes e sais minerais, ao desenvolvimento de tecnologias para a sua reutilização bem como a disposição do lodo gerado nos processos de tratamento. Neste aspecto, as pesquisas desenvolvidas visam à utilização e convalidação de técnicas para avaliação microbiológica e físico-química, estudos sobre a eficiência das estações de tratamento de águas residuárias, desenvolvimento de tecnologias novas no tratamento e aproveitamento de resíduos, desenvolvimento de materiais para remoção de poluentes e estudos sobre o sistema de esgotamento sanitário.

3 - Mobilização Social e Educação Ambiental - Desenvolver estudos para intervenções educacionais e avaliações dos processos participativos que visam o controle social e a sustentabilidade dos sistemas de saneamento implantados em comunidades urbanas e rurais
Recomendar esta página via e-mail: